Wednesday, December 26, 2012

Focinho de porco deixa de ser tomada no Brasil....

Sim...graças a ABNT...focinho de suíno não é mais tomada no Brasil...Inventaram um padrão único - diferente de qualquer outro referencial internacional. Acho que a tomada da Suiça é parecida...eu disse Suiça e não: suíno! 
Trabalhar com variadas bandas de diversos lugares do planeta requer adaptadores e conversores de tomadas elétricas. Cada localidade possui um padrão específico e nem todas as bandas trazem consigo, os tais conversores de AC.
Esse adaptador universal na foto abaixo é imprescindível para quem está em tour pelos continentes, ou para quem recebe artistas e bandas do mundo todo. É um conversor para os gringos, japas, europeus e brasucas. O equipamento é de boa qualidade: material resistente, prático, compacto e de excelente apresentação visual. Tenho duas peças comigo e sempre são requisitadas. Na parte superior do conversor (entrada), o sistema universal para receber todo tipo de pinos. 
Na foto abaixo, é o mínimo de adaptadores de tomada que costumo levar na maleta de ferramentas. Conversor de pinos retos para redondos, de pinos redondos para retos, adaptadores de padrão antigo para o atual, adaptadores do atual para o antigo e multi-tomadas específicas. Pois é, essa mudança de padrão das réguas e tomadas (AC) no Brasil, tirou o setor de uma crise...e tirou também dividendos dos nossos bolsos. O adaptador universal não é compatível com o novo padrão brasuca, mas basta utilizar outro conversor. Ou seja, a tomada fica parecendo uma
 Na foto seguinte, os pinos específicos de padrão europeu do adaptador universal.
O sistema de trava dos pinos do adaptador é executada através de uma chave deslizante. O conversor é bem eficiente e funciona "baragarai". Eu paguei um preço módico (15 reais) na rua Florêncio de Abreu - numa galeria no início da rua. O mesmo adaptador é comercializado por até 45 reais em lojas nos aeroportos. Quando for utilizar o adaptador, cole uma fita colorida para identificação na peça. Depois do show, não esqueça de remover o conversor das réguas de AC e guardá-lo na sua maleta.
Eu uso extensões de tomada do padrão antigo. Uso adaptadores para o padrão novo e minhas réguas são de 15 amperes (branca) e 20 amperes a régua preta (sim, as tomadas desta brilham no escuro). O multímetro é essencial. Nem tente sobreviver sem ele! Com relação as réguas do padrão novo...já estou montando uma - as réguas disponíveis no mercado são horripilantes. Mas a maioria das empresas continuam utilizando as réguas do formato antigo...que são bem melhores e mais práticas.
Sobre a questão de segurança: sim...o padrão novo é seguro...
A ABNT diz que o intuito foi privilegiar a segurança e mudar radicalmente o padrão para estabelecer um novo ponto de partida, eliminando o modelo antigo. Enfim................
Um procedimento obrigatório no palco: requerer tomadas de 127 volts e 220 volts, etiquetá-las e não misturar pedais, periféricos de diferentes voltagens no mesmo sistema -  é 777% de probabilidade de gerar ruído. Separe a fase da luz com a fase do áudio...outro motivo para ruídos e chiados.
Só espero que os gregos, turcos, albaneses, israelistas e povos da terra média não me venham aqui com cabos de força estranhos...


1 comment:

  1. Amigo por acaso existe alguma loja que tenha essa barra preta com tomadas verdes no padrão "universal" ? eu preciso de umas 4 mas está dificil ... se tiver alguma informação sobre essas barras me mande uma resposta no e-mail: inlightplus@gmail.com

    Fernando

    ReplyDelete