Monday, December 31, 2012

Cola nessa...

Bons tempos quando morei no Japão e tinha variedades de produtos e ferramentas disponíveis para fins e objetivos específicos. Tanta diversidade e múltiplas opções... hoje em dia, sinto uma falta imensa dessas coisas. Sim, viver em terras brasilis tem dessas...limitações.
Colas, por exemplo! É horrível ter apenas um único padrão de uso doméstico e "sofrer" até achar opções de uso industrial - que só pode ser adquirido em grandes quantidades e embalagens gigantes.
Para minha surpresa...consegui achar cola a base de cianoacrilato (tipo superbonder) do Japão! Sensacional, são 3 tipos para aplicações diferenciadas.
Além da bonder, achei resina epoxi na tradicional combinação resina/endurecedor com cura rápida de 10 minutos. A epoxi é muito boa para colagem de cavaletes, colagem de escalas de ébano e reparos em geral. Para soltar o epóxi, use ácido acético (vinagre)...é infalível.
Felizmente, cola Araldite vendida aqui...é boa e funciona bem. Na foto abaixo, o pacote do meio é uma cola muito boa para filetes e frisos. É como um tipo de resina para aeromodelismo ou prótese dentária. Já o pacote da direita (marrom), é uma cola de contato bastante forte mas pouco viscosa, ótima para colagens de folhas de madeira e plástico com plástico.
Esse tubo vermelho é cola para plásticos em geral, ótima também para frisos e filetes. Ideal para polipropileno, ABS, náilon e polietileno. É uma resina específica para plásticos, mas funciona bem com borrachas, madeiras e tecidos.
Essa cola vinílica para colagem de madeiras é a minha preferida dos produtos do Japão. É um produto de uso geral com viscosidade média e cura de 12 horas. Os luthiers de instrumentos acústicos que reclamam das colas vinílicas (porque alteram o timbre...ou porque mancham demasiadamente as madeiras), precisam experimentar esta versão japa. E para colagens rápidas e mais resistentes, Titebond é a melhor opção!
Eu tenho um higrômetro da Martin Guitars em casa e faltava um aparelho no Studio de Luthieria...achei esse exemplar de custo baixíssimo ( a bagatela de 5,99 reais)! É analógico e funciona perfeitamente! Quando o orçamento permitir, irei a caça de um aparelho mais sofisticado e digital. E porque um higrômetro??? O controle da umidade é fundamental para qualquer tipo de colagem. Não faça colagens com umidade relativa do ar em alta.
Aqui na foto abaixo, as colas e alguns líquidos que sempre estão na minha prateleira de utilidades.
Sim, vocês devem imaginar que essas colas estão sendo vendidas em alguma loja no bairro oriental da Liberdade...ou em algum "buraco" na rua 25 de março ou adjacências...Pois é...nada disso. No caso das colas, são todas fabricadas no Japão. Usei muitos desses produtos citados quando morei lá e garanto que a qualidade é muito boa. Para quem quiser saber onde comprar, uma dica: Rua Direita...no centro velho de sampa. E nessa mesma loja onde encontrei as colas, tem muita coisa oriunda da terra do sol nascente para casa, cozinha, carro, utilidades domésticas, papelaria, hobby, etc...etc...ferramentas pequenas...etc...etc...vale a pena conferir e bater pernas!

4 comments:

  1. MUITO BOM O BLOG!!! VOU FICAR VICIADO..rs..

    ReplyDelete
  2. Muito legal mesmo.

    ReplyDelete
  3. Olá, Amigo onde posso encontrar a cola que cola plastico polipropileno
    aqui no brasil?

    ReplyDelete
  4. Olá, Amigos sou do Brasil e preciso comprar cola para plastico polipropileno, pode me ajudar você sabe onde consigo comprar.

    ReplyDelete